Sexta, 29 Junho 2018 10:31

Rollemberg vai vetar o reajuste dos servidores? Destaque

Escrito por
Rafaela Felicciano/Metrópoles Rafaela Felicciano/Metrópoles

Ano eleitoral é realmente um “ano de milagres”. A prova disso é de que na noite desta quinta-feira (28), a Câmara Legislativa aprovou algo que não era dado como certo, o reajuste dos servidores da saúde pública do Distrito Federal.

Especificamente, os parlamentares aprovaram um incremento de R$ 100 milhões (e não R$ 5 milhões) para viabilizar o pagamento da GATA (gratificação) e da Isonomia aos servidores da Saúde.

No bloco de deputados que aportaram valores na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), estão Júlio Cesar (PRB), Wellington Luis (MDB), Raimundo Ribeiro (MDB), Celina Leão (PP), Bispo Renato (PR) e Joe Valle (PDT), que acataram pedidos insistentes do SindSaúde.

Mas a “guerra” dos reajustes não terminou. Dentro da categoria, há receios de que o governo de Rodrigo Rollemberg possa vetar esses recursos por entender que ele “não julga importante os servidores”. Por isso, o próprio sindicato e servidores estão atentos esperando o final dessa história.